Kim Jong-un viaja em iate de US$ 7 milhões que seria proibido pela ONU

Iate de quase US$ 7 milhões de Kim Jong-un Foto: Reprodução
Iate de quase US$ 7 milhões de Kim Jong-unREPRODUÇÃO

PYONGYANG — O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, herdou do pai mais do que o comando do país que recentemente assustou o mundo com a ameaça de uma ofensiva nuclear. Assim como Kim Jong-Il, o atual ditador não esconde sua admiração por barcos de luxo, e escolheu um iate de quase US$ 7 milhões para percorrer a empobrecida costa leste do país numa viagem no mês passado. Uma foto feita pela agência estatal coreana KCNA mostra Jong-un caminhando por um cais ao lado de militares, em que aparece parte do iate luxuoso. Segundo o site NK News, a embarcação poderia ser proibida pelas sanções impostas pelas Nações Unidas, que impedem o país de importar bens de luxo devido à sua insistência em realizar testes nucleares e de mísseis.

A viagem a bordo do iate Princess 95MY teria durado 10 dias, e seria a mais longa já feita por Kim fora de Pyongyang desde que chegou ao poder, em dezembro de 2011. O NK News afirma que a compra possivelmente foi recente, apesar de não indicar sua data exata.

– Como lançamos os 95MY há anos, muitos deles já devem ter mudado de mãos no mercado privado – afirma o diretor de vendas dos iates Princess, Will Green, que acrescentou que a empresa está investigando sobre o assunto.

Nas imagens de satélite publicadas pelo NK News, é possível ver uma propriedade da família na zona leste da cidade de Wonsan, com o que parece ser um iate luxoso ao lado.

A ONU impôs novas sanções à Coreia do Norte em março deste ano, em resposta ao terceiro teste nuclear do país, realizado em fevereiro. A medida incluiu restrições financeiras mais duras para tentar frear o programa nuclear de Pyongyang. A resolução também especificou exemplos de itens de luxo que a Coreia do Norte não podia importar, como iates e carros de corrida. Em 2009, autoridades austríacas e italianas já tinham apreendido dois iates de luxo que haviam sido vendidos para a Coreia do Norte.

Fonte: O Globo

Anúncios
Nota | Esse post foi publicado em Mundo, Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s